Hipódromo do Campo Grande recebe a 96.ª edição do CSIO Lisboa

Hipódromo do Campo Grande recebe a 96.ª edição do CSIO Lisboa

A Sociedade Hípica Portuguesa promove de 26 a 29 Maio, no Hipódromo do Campo Grande, aquela que é a prova internacional oficial que decorre há mais tempo no mesmo local, o Concurso de Saltos Internacional Oficial de Lisboa, este ano na sua 96ª edição.

Serão sessenta atletas, em representação de doze países da América e da Europa, que vão competir montando cerca de 170 cavalos. Esta prova desportiva, que é também uma importante atração turística e um ponto alto das competições hípicas internacionais, representa para a Sociedade Hípica Portuguesa a oportunidade de demonstrar a dinâmica deste clube centenário através da montagem de uma operação logística e sanitária de grande envergadura, que se transforma numa relevante ação de relações públicas para Portugal.

Nesta edição, a Direção da SHP pretende contribuir para a divulgação das modalidades hípicas em Portugal, tornando o 96º CSIO num evento de entrada livre. A opção de prescindir da bilheteira para as bancadas, que podem receber 2.500 pessoas, o clube opta por tornar acessível o evento a um público familiar, que habitualmente está fora deste circuito. Para a Sociedade Hípica Portuguesa este é um investimento que faz sentido numa estratégia de alargamento de públicos e de captação de novos praticantes. A organização espera receber cerca de 10.000 espectadores para um concurso que conta com um Prize Money total de 146.500 euros.

O CSIO Lisboa integrará provas que contam para o Ranking Mundial Longines da Federação Equestre Internacional. A Taça das Nações (prova de equipas, dia 27 de Maio, a partir das 18h00) contará para a nova liga Furusiyya FEI Nations Cup, e o Grande Prémio (dia 29 às 15h00) é qualificativo para os Jogos Olímpicos de 2016. Este ano a organização do CSIO Lisboa junta-se à Associação Terra dos Sonhos com uma prova onde os saltos estarão associados à entrega de donativos, reforçando a componente de responsabilidade social da modalidade.

Em 2015 a Prova de Equipas, Taça das Nações, foi ganha por Espanha. Uma das participações mais aguardadas é a do cavaleiro português Luís Sabino, vencedor de três Grandes Prémios nas edições do CSIO de 2012, 2014 e 2015.