Herdade do Pinheiro em Festa

Herdade do Pinheiro em Festa

No passado sábado decorreu em ambiente de festa, a comemoração dos 100 anos da Coudelaria da Herdade do Pinheiro.

À beira do Sado, integrado numa magnífica paisagem ribeirinha do seu estuário, o monte da Herdade do Pinheiro, localizado junto à “Ilha do Cavalo”, abriu portas e deslumbrou pela beleza e aprumo do seu edificado que remonta ao tempo da Ordem de Santiago e do seu Grão-mestre, o Duque de Aveiro.

Esta propriedade foi vendida em Hasta Pública em 1879, e comprada por um dos Engenheiros franceses envolvido na construção do caminho-de-ferro em Portugal e do metro de Lisboa, Edmund Bartissol (1841-1916).

Em representação da Herdade do Pinheiro S.A, Stéphanie Gicot, descendente de Edmund Bartissol, deu as boas vindas aos convidados. O Dr. Pedro Ferraz da Costa, em representação da Associação de Criadores do Cavalo Puro-Sangue Lusitano (APSL), enalteceu a actividade centenária desta Coudelaria, em prol do Cavalo Lusitano.

Desta Coudelaria saíram múltiplos cavalos, quer Lusitanos quer cruzados, no entanto, os mais conhecidos brilharam sob a monte de Pablo Hermoso de Mendoza. Acerca de GALLO (nome de registo E-Nabo HP) diz o site de PHM: “ha sido probablemente el caballo más artista de cuantos han pasado por la rienda del rejoneador navarro. Hijo de NILO y con el mismo hierro de origen de MARTINCHO, ALBAICIN Y CHICUELO; de gran belleza física iluminó con su clase y torería todos los redondeles que pisó”.

Juntamente com a Coudelaria aniversariante, algumas das Coudelarias centenárias portuguesas fizeram igualmente uma apresentação dos seus produtos, sob a tutela dos comentários do Eng.º Luís Esteves.

Demonstrando uma enorme sensibilidade e carinho por Portugal, Stéphanie Gicot encantou, terminando o seu discurso afirmando ser francesa por nascimento, mas que a sua alma é portuguesa.

Pela noite dentro houve jantar a céu aberto, seguido do ambiente intimista do fado e da guitarra portuguesa.

Categorias: Coudelarias, Notícias