Flanders Flame um caso de sucesso desde que chegou a Portugal

Flanders Flame um caso de sucesso desde que chegou a Portugal

Flanders Flame (GB), cavalo de corrida, filho de Dutch Art que foi vendido com um ano por 107.200 € no leilão de cavalos em Newmarket em Outubro 2014

ao Rabbah Bloodstock, do Sheikh Rashid Dalmook Al Maktoum, treinado por Richard Fahey não alcançou na altura as expectativas, terminando nos últimos lugares numa corrida em Chester. O cavalo competiu mais quatro vezes mas não conseguiu classificar-se.

Depois de acumular apenas 431€ em prémios, Flanders Flame foi considerado um “flop” e vendido pela segunda vez, no leilão Tattersalls em Outubro passado, por 2.400€ ao preparador português Hélder Pereira.

Este cavalo desde que chegou a Portugal melhorou a sua performance consideravelmente tendo acumulado prémios muito para além do valor a que foi transaccionado.

Uma das suas primeiras vitórias foi no Inverno passado nos hipódromos La Zarzuela em Madrid e em Dos Hermanas em Sevilha, surpreendendo o meio das corridas de cavalos em Espanha.

Em Abril passado, Flanders Flame bateu o favorito Arguero por larga vantagem conquistando o primeiro lugar na poule para poldros no Hipódromo de La Zarzuela Madrid em Espanha, e o prize money de 37,700€ – 15 vezes mais que o valor de compra, pago por Hélder Pereira. Montado pelo jóquei Ricardo Sousa, Flanders Flame, considerado um “outsider” (20-1), viria a conquistar aqui a sua primeira vitória em Espanha.

Para o seu antigo preparador, o britânico Fahey, a prestação de Flanders Flame em Espanha foi uma surpresa. “Enquanto o cavalo esteve connosco e apesar de um bonito exemplar, não prevíamos este desfecho”, afirmou Fahey. “É difícil analisar à distância a sua actual performance em terras ibéricas, porém se o quiserem devolver estamos prontos para o receber…”

Desde o seu sucesso no Clássico no Hipódromo de la Zarzuela em Espanha, Flanders Flame destacou-se também no Grande Prémio Claudio Carudel em Junho passado, terminando em segundo lugar atrás do grande favorito Noozhoh Canarias, de Espanha

Uma semana depois Flanders Flame correu no Grande Prémio de Madrid (€102,000 em prémios monetários) ficando classificado em terceiro lugar.

 

Categorias: Corridas, Notícias