CSIO5* Roma: A “sorte” do lado do italiano Emanuele Gaudiano

CSIO5* Roma: A “sorte” do lado do italiano Emanuele Gaudiano

Emanuele Gaudiano, o primeiro a entrar em pista nesta sexta-feira, na Taça das Nações Furusiyya FEI, é um cavaleiro com “sorte”. Uma fractura da clavícula no concurso de Valkenswaard na Holanda há cerca de duas semanas podia tê-lo arredado da alta competição durante vários meses. “Os médicos fizeram um excelente trabalho. Aquando do acidente, fui imediatamente operado num hospital em Bona, Alemanha, e sinto-me muito bem novamente!”, afirmou o italiano ,que celebra 30 anos em finais de Junho.

O acidente ocorreu no desempate do Grande Prémio do CSI2* em Valkenswaard, quando Gaudiano sofreu uma queda da égua Carlotta. “A égua tem apenas 7 anos e calculei seis passadas para o primeiro salto, mas Carlotta que é pequena e muito cuidadosa, deu mais uma passada e sofri uma queda forte”, disse o cavaleiro.

“Amanhã vou montar Caspar e não vai ser um dia fácil. Estão em Piazza di Siena as melhores equipas, portanto para a Itália ficar entra as primeiras, precisamos de um bom resultado”.

A estrela italiana tem vindo gradualmente a subir no Ranking Mundial Longines nos últimos meses e não é por mero acaso que ocupa o 19º lugar.

“Vendi o meu melhor cavalo, Admara a Rene Lopez da Colômbia. Tive este cavalo durante 8 anos e quando o vendi fui obrigado a montar os outros cavalos nas minhas boxes que acabaram por mostrar o seu potencial”, concluiu o cavaleiro.