A dor no pescoço

A dor no pescoço

 

Dr. Carlos Rosa Santos
Foto: Gabriele Boiselle

Um pescoço dorido pode ser a mais enganadora das lesões. Dado que o cavalo utiliza o pescoço para dar lanço em cada movimento que faz, até uma ligeira dor pode pará-lo. Ao observar um cavalo com dores no pescoço pode-se pensar que tem uma miosite, um aguamento ou que sofreu uma fractura, quando na realidade a causa foi uma vacina mal administrada que lhe causa a dor no pescoço.

Uma maneira simples de verificar se o cavalo tem dores no pescoço é oferecer-lhe uma cenoura fora do seu alcance, na linha da espádua. Se ele dobrar o pescoço normalmente para a agarrar, pode eliminar o pescoço como a origem do problema. Um cavalo que não dobre o seu pescoço, ou que faça contorções estranhas para chegar à cenoura, pode ter uma dor na parte da frente do pescoço. Um pouco de trabalho de detective pode ajudá-lo a determinar a localização e causa da lesão.

A origem mais comum das dores no pescoço é uma zona onde o cavalo se tenha roçado, que pode ter infectado. Examine cuidadosamente as raízes da crina do cavalo, em busca de uma área inchada, quente e sensível. Limpe bem a área; se a infecção parecer estar a espalhar-se, consulte o seu veterinário sobre a administração de um antibiótico. As injecções são outra causa comum de dores passageiras no pescoço; estas podem ser devidas a uma administração acidental no ligamento da nuca ou porque a medicação ou vacina produz uma pequena resposta inflamatória. Músculos e ligamentos que tenham sofrido puxões quando o cavalo faz uma acção de contrabalanço para impedir a queda, podem também levar a movimentos cuidadosos da sua parte para evitar o agravamento da luxação.

Apalpe ao longo do pescoço do cavalo, e verifique as reacções de dor para identificar as áreas sensíveis. Quando a dor de pescoço é causada por  marcas de roço, injecções, puxões ou outros traumatismos locais pouco importantes, o cavalo continua a ter apetite e aparência saudável. O tratamento necessário será apenas dar-lhe alguns dias de descanso; tenha o cuidado de levantar a comida, água e feno do cavalo a um nível que ele possa chegar confortavelmente.

Quaisquer curvas anormais ou inchaços grandes ao longo da coluna vertebral podem indicar lesões no esqueleto. Estes sinais, em associação com uma relutância em mover-se por parte do cavalo, são indicativos de uma lesão séria que necessita de atenção veterinária imediata.

Categorias: Artigos, Veterinária
Tags: Veterinária